Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

de costas pr'ó mar

Mariana Sofia

17
Fev18

Desafio 52 semanas | Eu sempre

As rotinas são coisas que, normalmente, fazemos sempre. E, por norma, repetidamente, todos os dias. Muitas delas, são coisas que fazemos automaticamente. Está incorporado, porque fomos socialmente familiarizados com elas. Outras também são feitas de forma automática, mas nem sempre nos damos conta disso. Foram essas que me puseram a pensar. E muito.

disney.jpg

* Durmo sempre com o cabelo apanhado. Não tenho o cabelo propriamente curto, o que não me deixa dormir confortavelmente, se estiver solto.

 

* Sonho sempre com o trajeto que vou fazer, quando sei que tenho que conduzir. O meu sentido de orientação sempre foi péssimo. Achei que fosse melhorar depois de tirar a carta, mas não aconteceu. E, apesar de saber o caminho, é inevitável não sonhar com ele.

 

* Durmo sempre com a porta do quarto fechada. Já pelo contrário, não consigo estar na cozinha com a porta aberta. Há pancadas mesmo estranhas.

 

* Cheiro sempre as folhas de um livro/revista acabado de comprar. E é das melhores coisas. Principalmente dos livros. É o meu aroma preferido. Mas não para perfume. Não exageremos.

 

* Reclamo sempre que tenho que fazer a cama. Ou seja, todos os dias. É a tarefa doméstica que menos gosto de fazer. Detesto mesmo. Mas mesmo assim, não gosto de ver a cama desfeita. Malditas contradições.

 

* Tomo sempre o pequeno almoço. Mesmo que acorde ao meio dia. E, nem que seja um iogurte e uma peça de fruta. É a refeição mais importante do dia. E é aquela que nos dá um boost de energia para o resto do dia.

 

* Ando sempre de pijama em casa. Principalmente no inverno. Fico sempre com a sensação de que ainda não saí da cama. 

beijinhos **

Não se esqueçam que estamos no instagramfacebook e bloglovin'.

10
Fev18

Desafio 52 semanas | Super-poderes

ac5f18a34f6e1c1f97bbc068c3acb5c6.jpg

(imagem retirada do Pinterest) 

Super-heróis e super-poderes nunca me fascinaram muito. Fogem muito à realidade, criam soluções hipoteticamente fiáveis para salvar o mundo. Gosto de viver a vida tal como ela é. E com a intensidade com que merece ser vivida. Se tudo fosse cor de rosa, cheio de flores e sem nenhum tipo de provação, não teria a mesma piada. Ainda assim, é bom sairmos da nossa bolha de comuns mortais e, um ou outro super-poder daria um certo jeito. 

 

O teletransporte seria aquele que mais desejaria, confesso. É muito raro chegar atrasada, mas ando sempre em cima do limite. Saio de casa sempre em cima da hora e faço tudo a correr. A culpa é do espelho do quarto, da casa de banho, e da sala. Por esta mesma ordem. Por isso, o teletransporte iria facilitar, e muito, a minha vida. E poder fugir dos transportes públicos seria a cereja no topo do bolo.

 

A invisibilidade serviria apenas para satisfazer a minha curiosidade. É verdade, sou muito curiosa. Gosto de saber de tudo. Não preciso de  ser a primeira, mas tenho que saber de todos os acontecimentos importantes na vida das minha pessoas. E se forem daqueles muito hilariantes que fazemos de tudo para esconder, ui.

 

beijinhos **

Não se esqueçam que estamos no instagramfacebook e bloglovin'.

03
Fev18

Desafio 52 semana | Wishlist

Ora aí está. Um desafio fácil, julguei eu. Porque sou uma shopaholic assumida. E porque gosto muito de receber presentes. Fazer uma wishlist é a melhor combinação possível. Mas, desta vez, não há um motivo específico. E essa é a parte difícil. Porque, normalmente, aquelas coisas que fazem sempre parte da minha wishlist são caras, e apenas em épocas especiais é que as peço. Às vezes tenho sorte, outras nem por isso. E, quando quero mesmo, acabo por juntar dinheiro e ser eu comprar. Provavelmente é o que vai acontecer, com uma ou outra coisa.

 

wishlist.jpg

 

01. Instax Mini 8

02. Livro Sputnik Meu Amor, de Haruki Murakami

03. Cadernos giros, Girly Things

04. Livro Se Isto é um Homem, de Primo Levi

05. Impressora Fotográfica HP Sprocket

06. Anéis simples e giros, Matilda

 

Apenas os livros são prioridades, e acabarei por comprá-los. Estes e mais uns quantos, na verdade. Os cadernos giros são apenas um vício (ou uma grande pancada, sejamos sinceros!) por artigos de papelaria. Porque na verdade não preciso de mais cadernos, mas este é super giro, mas demasiado caro. Os anéis são uma paixão recente, e o facto de ser muito ativa no instagram não ajuda muito. Todos os dias descobro marcas novas, com anéis simples e tão giros, como eu gosto. A instax é tão desejada que transitou da wishlist de natal para a de aniversário (sim, eu já disse à minha mãe aquilo que queria. E mais, ela já escolheu, medo!). A impressora fotográfica é uma coisa que eu gostaria de ter, mas é uma coisa que me deixa muito reticente. Ainda não sei bem se apostaria nela ou não. E o preço, uma vez mais, não ajuda. 

 

Por isso, aceitam-se parcerias. Para qualquer um dos produtos acima apresentados. Claro que não vai acontecer, mas não custa tentar.

beijinhos **

Não se esqueçam que estamos no instagramfacebook e bloglovin'.

27
Jan18

Desafio 52 semanas | Citações Preferidas

Uma frase não se resume a um conjunto de palavras. Há todo um sentido por detrás de determinada construção frásica. Umas com mais sentimento. Outras com menos. Umas que fazem todo o sentido. Outras nem por isso. Mas há sempre aquela frase que nos marca. Ou porque estávamos mesmo a precisar de um choque de realidade. Ou apenas porque estávamos mais sensíveis. O certo é que existem frases que nos ficam na memória por muito tempo. Quanto a mim, não tenho muitas. São apenas três. As três que fazem parte de todos os meus dias.

#4.png

* “Hakuna Matata, é tão fácil viver” (Timon e Pumba)

Sim, o meu lema de vida pertence a um filme da Disney. Simplesmente porque a mensagem que transmite é, não só a mais bonita, mas a mais importante de todas. Porque, de facto, é simples viver e aproveitar a vida. Aproveitar cada momento como se o amanhã não houvesse, porque esse é uma incógnita. O momento a ser vivido com quanta intensidade e autenticidade seja possível, é o agora.

 

* “Sê todo em cada coisa. Põe quanto és no mínimo que fazes” (Ricardo Reis, Heterónimo de Fernando Pessoa)

Fernando Pessoa é o poeta. O único de que gosto. A única poesia que consigo ler. É sempre certeiro. Em tudo. Ou quase tudo, vá. Era autêntico. E foi isso que transmitiu em todos os seus poemas. E esta passagem é aquela a que recorro antes de um grande começo. E dos pequenos também. Porque se é para ser feito, que seja bem feito. Se é para seguir um rumo, há que ter determinação, coragem e bravura. Há que ser inteiro, e não ficar pela metade.

 

* “Eles não sabem, nem sonham, que o sonho comanda a vida, que sempre que um homem sonha, o mundo pula e avança, como bola colorida, nas mãos de uma criança.” (António Gedeão)

Sou uma eterna sonhadora. Sempre fui. E sei que vou ser sempre. Porque a vida é feita de sonhos. São eles que nos motivam, na grande maioria das vezes, a alcançar os nossos objetivos. Porque tudo é possível, desde que haja a capacidade para sonhar.

beijinhos **

Não se esqueçam que estamos no instagramfacebook e bloglovin'.

25
Jan18

Outro desafio. Sobre ser blogger.

Mais uma quinta feira. Mais uma tag. Mais uma nomeação. Mais uma desafio. E um desafio sobre o blog. Porque é um projeto há muito pensado. E porque é uma coisa só minha, que reflete grande parte daquilo que sou. Porque hoje estou sem filtros, e juro que vou responder com sinceridade a este desafio que me foi lançado pela Maria.

tag_serblogger.JPG

* Porquê e quando criaste o blog?

Em agosto de 2016. Foi um verão difícil. Em 3 meses de férias, fui apenas 15 dias à praia. E foram mais os dias passados em casa do que a aproveitar o calor e o sol. Foi o mote ideal para dar vida a um projeto que já há muito andava a ser planeado.

 

* Quais os principais assuntos do teu blog? 

Ao fim de mais de um ano, encontrei os temas sobre os quais mais gosto de escrever e opinar. As minhas experiências gastronómicas, dentro e fora da minha cozinha. Os lugares incríveis que vou descobrindo. As conversas de autocarro que vou ouvindo, porque ando sempre com os radares em funcionamento. Os livros que se apoderam da minha mesa de cabeceira, e depois da minha estante. Alguns filmes que merecem umas palavras. E de todas as experiências que se cruzam no meu caminho. Ou das quais vou à procura.

 

* Como tem sido ser blogger?

Uma experiência completamente diferente. Mas muito positiva. Porque ter um blog permite-nos fazer coisas diferentes. Permite-nos novas metas e novos objetivos.

 

* Qual a parte chata em ser blogger?

As pessoas sem noção. Porque há quem leve isto demasiado a sério, sem ter noção daquilo que faz para atingir os seus objetivos. Comentários construtivos são sempre bem vindos. Opiniões divergentes são aceites. Ainda bem que não gostamos todos de amarelo. Pessoas que comentam e nem sequer se dão ao trabalho de ler o post, vão passear. 

A interação entre bloggers é importante, claro. Todos gostamos de ter comentários e estar nos favoritos de outro blog, isso é certo. Mas há que ter noção daquilo que fazemos. Há que ser coerente. Não só com aquilo que produzimos, mas também com os comentários e mensagens a respeito dos outros. 

 

* O que há de melhor em ser blogger?

Ter orgulho no nosso blog. No conteúdo que produzimos. Ser autênticos em cada palavra que se escreve. Em cada fotografia que tiramos e que mostra o nosso olhar sobre aquilo que está à frente de todos. 

 

* Onde desejas chegar com o teu blog?

Cliché ou não, onde ele me permitir chegar.

 

* O blog para ti é algo profissional ou um passatempo?

Um passatempo que me ocupa muito tempo. E me dá muito trabalho. Mas um passatempo do qual não prescindo. 

 

* Quais os blogs que acompanhas, e quais indicas?

Ui, eu acompanho muitos blogs. Não, não leio todos os post’s. Nem os comento todos. Apenas aqueles com que me identifico. Apenas aqueles que me dão vontade de comunicar com quem está do outro lado.

 

* Tem sido fácil o convívio com seguidores e leitores?

No meu caso, será mais contacto do que convívio. Mas é muito bom. Vocês comentam os meus post’s, e eu respondo sempre. O mesmo acontece com as mensagens que me chegam, através do instagramfacebook ou e-mail, nunca ficam sem resposta.

 

* O teu blog já está como queres ou ainda queres mudar alguma coisa?

Acho que o logótipo ainda não está de acordo com aquilo que eu idealizei. Por isso, se estiver por aí alguém que queira contribuir para isso, diga qualquer coisa. Em troca ofereço muita publicidade.

beijinhos **

Não se esqueçam que estamos no instagramfacebook e bloglovin'.

Mariana Sofia

On Instagram

Bloggers Squad Portugal

Parcerias

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.