Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

de costas pr'ó mar

Mariana Sofia

Seg | 21.05.18

A minha experiência com os livros da biblioteca.

livros::biblioteca.jpg

Gosto muito de ler. Gosto de me perder nas histórias que nos são contadas. E analisar a personalidade dos personagens é uma coisa que me faz perder minutos num simples diálogo. Já tenho muitos livros em lista de espera, na minha estante. Foram todos adquiridos nas várias promoções, que já aconteceram. Porque os livros são caros. Muito até. Nem toda a gente têm a possibilidade de dar 15€ por um livro, todos os meses.

 

As bibliotecas são uma boa alternativa. Quer dizer, depende do quão picuinhas vocês são. A verdade é que nem toda a gente sabe lidar com os livros. Nem toda a gente cuida dos livros, como nós próprios. Os livros são uma extensão daquilo que somos, e a forma como os tratamos reflete o nosso amor por eles. E isso é coisa que pouca existe numa biblioteca, onde os livros chegam, são referenciados e classificados. Largados numa prateleira, à espera que alguém precise deles.

 

Vários foram os livros que já requisitei nas bibliotecas. E, mesmo não sendo meus, cuido deles como se fossem. Fico triste, sim triste, quando folheio, página a página, os livros da biblioteca, e os encontro dobrados, riscados, pintados, com manchas de sabe-se lá o quê, e até vestígios de migalhas. Há que ter respeito por aquilo que outros querem ainda utilizar. E não, todas estas marcas não fazem parte da história dos livros. Pelo contrário, reflete apenas a falta de cuidado de algumas pessoas.

beijinhos **

Não se esqueçam que estamos no instagramfacebook e bloglovin'.

 

6 comentários

Comentar post