Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

de costas pr'ó mar

Mariana Sofia

Seg | 22.10.18

Desafio 1+3 // Em casa

0B477793-23BC-4318-B6FA-7182D9E36CBA.jpeg

É no colo da minha mãe, e nos braços do meu pai que me sinto em casa. É na sopa amarela {com uma infinita variedade de legumes} que encontro o aconchego dos dias mais frios. É na lasanha de frango e no bacalhau com natas, que a minha mãe tão bem faz, que me sinto em casa. E quando como uma fatia de pizza, também. É com as minhas pessoas, no meio de gargalhadas sonoras, e com as suas vitórias e conquistas que me sinto em casa, porque foram eles que conseguiram captar o melhor de mim É em cada recanto de Lisboa, nos lugares mágicos de Sintra, em Fátima, ou em qualquer praia de Armação de Pêra, que estou em casa.  

 

Sinto-me em casa quando leio um livro que me deixa sem fôlego. Ou quando oiço “A Vida Toda”. Quando entro no mar gelado e revolta da Costa de Caparica. Quando piso o extenso areal – seja ele qual for. No meu quarto, com as coisas que tão bem me caracterizam – a minha caixa de música que me permite recuar aos melhores momentos da minha infância. Sinto-me em casa quando está o chover lá fora. E quando vou até às caixas de recordações, e me ponho a ler as cartas e missivas que trocávamos nas aulas de português, filosofia ou história.

 

Também me sinto em casa quando olho para o espelho. E vejo as minhas sardas, um sinal de que o verão foi bem aproveitado. O nariz redondo que saiu igual ao do pai, tal como a teimosia e a determinação. Os olhos esverdeados que puxei da minha mãe, assim como a garra, a vontade de sonhar e fazer acontecer. É quando me olho ao espelho e vejo o reflexo daquilo em que me tornei, e que ainda ambiciono ser, que vejo a minha casa. Porque procuro abrigo nas pequenos coisas da vida, e nas melhores pessoas que entraram na minha vida, mas também quero ser a casa de alguém.

 

// Este desafio foi lançado pela Carolina. Não tem qualquer regra, podendo ser publicado às horas que quisermos, no dia que muito bem entendermos. Ela vai lançado vários temas, e nós só temos que refletir sobre eles. Vão lá espreitar, e se gostarem da ideia, falem com ela! //

beijinhos **

Não se esqueçam que estamos no instagramfacebook e bloglovin'.

6 comentários

Comentar post