Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

de costas pr'ó mar

Mariana Sofia

Sab | 09.06.18

Desafio 52 semanas | Coisas que me incomodam no contemporâneo

Traição. Quem trai uma vez trai sempre. Segundas oportunidades, quase todos merecemos, mas isso é outra história. Seja a desculpa do álcool, da amiga ou do amigo demasiado insistente, da solidão, da falta de carinho, ou o raio que vos apetecer, o que um não quer, dois não fazem. Não suporto traições. Não lido com elas da melhor forma. E muito menos as quero compreender. Não há qualquer desculpa para uma traição. Não estão felizes, falam com o respetivo par, resolvem as coisas a bem, ficam amigos (ou não!) e cada um vai à sua vida. É simples.

 

Demasiada pressa em crescer.Incomoda-me e assusta-me a pressa que as crianças e jovens adolescentes têm em crescer. Em experimentar. Em viver a vida loka. Com 10 anos, eu queria era brincar com as minhas barbies. Queria lá saber do período e dos namorados. E adorava vestir aquelas roupas bem foleiras, e cor de rosa. Miúdas de 10 anos com crop tops? Miúdos com 10 anos, com as calças ao fundo do rabo? Crianças com garrafas de cerveja na mão, e a combinarem a próxima ida ao Urban? A sério? Medo.

 

Esperas que me consomem anos de vida. Não gosto de esperar.Nunca gostei. E raramente faço os outros esperarem por mim. Apenas quando valores mais altos se levantam. Mas não gosto de esperar por serviços públicos. Seja 40 minutos pelos autocarros da Carris. Ou por uma declaração da Segurança Social, que demora 10 dia úteis a chegar ao meio correio, quando está tudo informatizado. Não tenho grande paciência para estas esperas contemporâneas.

beijinhos **

Não se esqueçam que estamos no instagramfacebook e bloglovin'.

 

4 comentários

Comentar post