Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

de costas pr'ó mar

Mariana Sofia

Sab | 12.05.18

Desafio 52 semanas | Séries Favoritas

lacasadepapel.jpg

Nem de propósito. Fiz um post sobre as minhas séries preferidas, na segunda feira. E nem de propósito que falta lá uma. A mais recente descoberta, e um novo vício. Na mesma semana em que a comecei, foi na mesma semana que a terminei. E sim, estou a falar da série La Casa de Papel. Já todos falaram sobre ela, e eu também queria dar os meus bitaites.

 

La Casa de Papel não é uma série perfeita. Aliás, enquanto se desenrola todo o ataque, várias são as vezes que pensamos “really?! óbvio que aquilo não é assim!”. Mas cativa, e prende a nossa atenção. Cada episódio funciona como um pacote de batatas fritas. Mesmo não querendo, vamos querendo sempre mais. Tem um sabor que nos vicia, e impossibilita de parar.

 

La Casa de Papel foi tão bem pensada, que todos pensámos, em algum momento, fazer um assalto tão bem sucedido. Já todos cantamos Bella, Ciao, em qualquer momento. Aquilo entrou, e ficou. Qualquer melodia é transformada nesta música. Não há grande volta a dar. E claro que não nos podemos esquecer das personagens genialmente criadas. A Nairobi é aquela mulher que tem a adrenalina a correr-lhe nas veias, com uma fibra de fazer inveja a muita gente. E o professor, será estupidamente inteligente, ou apenas um grande maluco?

 

La Casa de Papel foi aquela paixão arrebatadora, e difícil de esquecer. Esperemos que a terceira temporada seja igualmente boa. Mas que não me faça chorar que nem uma perdida, qual momento de fraqueza me deu, quando o Moscú morreu.

beijinhos **

Não se esqueçam que estamos no instagramfacebook e bloglovin'.

 

9 comentários

Comentar post