Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

de costas pr'ó mar

Mariana Sofia

Seg | 11.06.18

Era só isto.

87CA7134-BC3A-4210-ADAF-517C4792A2A2.JPG

Quero gritar, até a voz me doer. Quero rir, até me doer a barriga. Quero contar piadas secas, e quero que continuem sem perceber o porquê de me estar a rir que nem uma perdida. Quero rir-me de mim própria, e dos outros. Quero ter um bom sentido de humor, e um humor negro quanto baste.

 

Quero ir a mais festivais de música. Quero dançar, até os pés me doerem. Quero ser a rainha da cocada preta. Quero abanar a bunda em frente ao espelho, sempre ao som de funk. Quero cantar, mesmo quando não sei a letra.

 

Quero ir ao teatro, e sair de lá com um sorriso bem rasgado. Só porque aquela peça era de partir o coco a rir. Quero ir ao cinema, e sair de lá lavada em lágrimas. Só porque foi um filme mesmo lamechas. Quero ir a um qualquer concerto, e saber que não podia ter tido melhor experiência.

 

Quero comer em bons sítios, que me deixam com vontade de experimentar toda a carta, mesmo já estando de barriga bem cheia. Quero conhecer o mundo todo. Ou quase todo, vá. E construir boas recordações. Daquelas que me enchem o coração, e me aumentam os sorrisos. Quero conhecer todos os lugares do mundo, onde seja possível ser feliz com pouco. Porque aproveitar os pequenos momentos é o melhor deste mundo.

 

Mas também quero chorar, até ficar com os olhos inchados. E aprender com cada queda. Quero cair tantas vezes, quantas as necessárias. Quero levantar-me sempre de cabeça erguida. Quero fazer tudo por mim, e pelos outros. Quero encher o copo de felicidades, sempre que ele estiver apenas meio cheio. Quero fazer os outros felizes. E quero ser feliz. Aproveitar tudo o que esta vida tem para me oferecer. Porque é demasiado curta para ser desperdiçada.

beijinhos **

Não se esqueçam que estamos no instagramfacebook e bloglovin'.

 

10 comentários

Comentar post