Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

de costas pr'ó mar

Mariana Sofia

Seg | 04.06.18

Essencials for everyday.

Há coisas das quais não prescindo. Há coisas sem as quais não consigo viver. Há coisas das quais sou dependente. E, se por acaso calha sair de casa sem elas, é um sinal de mau agouro. Mentira. Sinto-me apenas despida. E isto não é assim tão estranho.

details:essenciais.JPG

* Lentes de Contacto. Se por acaso se cruzarem comigo na rua e me virem de óculos, não estou nos meus dias. Apenas porque é muito raro sair de casa sem lentes, sendo estas substituídas pelos meus óculos. As lentes são 100 vezes melhores. E a qualidade de visão é melhor. Muito melhor.

 

* Óculos de sol. Seja verão. Seja inverno. Esteja um sol radioso. Ou apenas encoberto. São motivo para voltar atrás, e até mesmo chegar atrasada. Nem sequer consigo abrir os olhos. E a situação piora sempre por causa das lentes.

 

* Batom do cieiro. Seja verão. Seja inverno. O sol, o frio e o vento são muito agressivos para os nossos lábios. É um essencial imprescindível na bolsa dos cosméticos e medicamentos que anda sempre comigo. E assim, andam sempre protegidos e hidratados.

 

* Telemóvel. Olha lá quem. Impossível sair de casa sem o telemóvel. Tenho que estar sempre comunicável. E confesso que é uma companhia nos transportes públicos. Uma pessoa não pode ir 100% atenta ao que se passa em nosso redor.

 

* Perfume. Futilidade que me põe cheirosa q.b. E aquela dança do perfume que me atrasa sempre 1 minuto? A minha mãe passa-se comigo, mas também já não sai de casa sem o seu perfume. Más influências.

 

* Anéis. Não fazem parte do meu dia-a-dia. Mas fazem parte de quase todos os meus dias. Normalmente não saio de casa sem um anel. Até mesmo no verão, com os dedos mais inchados. Mas não uso 10 anéis ao mesmo tempo. Um é suficiente.

beijinhos **

Não se esqueçam que estamos no instagramfacebook e bloglovin'.

14 comentários

Comentar post