Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

de costas pr'ó mar

Mariana Sofia

Qua | 08.08.18

Meia dúzia.

Há meia dúzia de coisas sem as quais não consigo viver. Boa comida, viagens extraordinárias, livros absorventes, filmes e séries geniais, música para abanar o bumbum e sol para alegrar todos os meus dias. E é de boa comida que vamos falar hoje, para variar um bocadinho, não é verdade?

 

Quando fui à descoberta do LxFactory, dei de caras com uma marca portuguesa muito original e inovadora, a Meia Dúzia. Inspirados pelo universo da pintura, as compotas surgem em bisnagas de alumínio, idênticas aos tubos de tinta, cuja paletas de cores reflete as cores das frutas, como o amarelo da pêra, o verde da maçã ou o azul do mirtilo.

meiaduzia1.jpg

meiaduzia2.jpg

A ideia é inovadora, gira e eficaz. As compotas em bisnagas substituem os frascos, as colheres ou as facas para barrar. A exposição da compota ao ar é bem mais reduzida, o que reduz a oxidação da fruta, mantendo as suas cores originais. Estas bisnagas podem ainda ir connosco para o trabalho, ou em viagem. As compotas misturam sabores incríveis, criando combinações únicas e extraordinárias.

 

Cá por casa começámos pela compota de maracujá e gengibre. Devoramos queijo Emental, queijo da Ilha, ou até queijo do Alto Alentejo com esta compota. E acreditem que é mesmo difícil parar. O que é português é bom. Muito bom. Mas também é caro. E não devia. Porque o que eu queria mesmo era experimentar todas as compotas Meia Dúzia.

meiaduzia3.jpg

meiaduzia4.jpg

beijinhos **

Não se esqueçam que estamos no instagramfacebook e bloglovin'.

2 comentários

Comentar post