Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

de costas pr'ó mar

Mariana Sofia

Sex | 26.01.18

n.º 23, a semana em fotografias

Está a chegar ao fim a última semana do mês. Janeiro passou a correr, como era de esperar. O stress inicial da entrega de trabalhos consumiu o meu tempo, por completo. E, ao fim dos primeiros 10 dias do ano, pude ir aproveitar o meu sofá, e os dias de sol quentinho que se fizeram sentir. As séries e os livros ocupam as minhas noites, e dias de chuva. A minha máquina dispara para guardar sempre os melhores momentos.

semana.jpg

SextaA semana acabou da melhor forma possível. Já há muito que queria ir ao Frankie. E nem a fila que estava à porta, nos demoveu. A melhor surpresa estava para vir.

 

SábadoAs manhãs de limpeza não deveriam existir. Porque não gosto de andar espanador em punho. E muito menos de fazer a cama, bah. E, para melhorar o primeiro dia do fim de semana, vamos passar uma tarde inteira a validar faturas. O que safou este dia, foi mesmo o jantar. Uma bola de frango, tão saborosa que vai merecer destaque aqui no blog.

 

DomingoDolce far niente é o que resume um bom domingo. É dia de passear, mesmo que o sol estivesse demasiado tímido. E ir a Belém é sempre sinónimo de comer um pastel de Belém. Os meus favoritos.

 

SegundaUma tarde cheia de sol, perfeita para ir caminhar. Poder usufruir deste momento é uma sorte, e nós temos que a aproveitar ao máximo. E depois de chegar a casa, há uma encomenda na caixa do correio. É o livro “Hey, Panda, vamos fugir?”, que estará em breve, aqui no blog.

 

TerçaNem todos os dias são recheados de coisas giras. Há dias em que não se faz nada de muito interessante. Apenas coisas que têm que ser feitas. Mas há sempre tempo para ir dar uma caminhada, no jardim mesmo em frente à minha casa. Ainda por cima com 16º, o tempo perfeito.

 

QuartaUma pessoa acorda. Uma pessoa vai fazer a sua higiene matinal. Uma pessoa chega ao quarto e abre a persiana. Uma pessoa olha lá para fora e não vê nada, além de um nevoeiro cerrado e árvores despidas. A mesma pessoa tem vontade de voltar para a cama, porque o bom tempo não veio para ficar.

 

QuintaAo fim de 4 anos a estudar mesmo ao pé do Cup&Cino, já lá fui. O ambiente é agradável, com música ambiente bem old school. E a companhia não podia ter sido melhor. Porque não é preciso estar todos os dias com os nossos, para sabermos que fazem parte da nossa vida.

beijinhos **

Não se esqueçam que estamos no instagramfacebook e bloglovin'.

5 comentários

Comentar post