Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

de costas pr'ó mar

Mariana Sofia

Sex | 08.06.18

n.º 42, a semana em fotografias

Por aqui continuamos no mesmo mood. E enquanto este tempo estiver uma verdadeira caca, não me importo de ter tardes de estudo intensivo. E, apesar de gosto muito do barulho da chuva, de ler e ver séries enrolada numa manta, prefiro estar toda “colada”, e a querer tomar banho de hora a hora, porque tenho muito calor. Por isso, São Pedro, se não for grande incómodo, não oiças a Maria Leal, e brinda-nos com o sol e com o verão!

semana_fotografias.jpg

Sexta – As lentes de contacto cansam-me. Ficam muito secas, porque não tenho lágrima suficiente. Por isso, e como tive que mudar de graduação, optei por renovar a minha armação. Nada como uns óculos que me deixam com um ar demasiadamente intelectual. Ou apenas ainda mais croma.

 

Sábado – O dia de ir à Feira do Livro. O dia de fazer estragos na carteira. Ir à feira do livro é quase uma tradição. E trazer de lá algum livro, também. Mas acho que podíamos ser mais organizados. Talvez com corredores mais amplos. É um evento que move demasiado gente. Nem consegui ver as bancas ao pormenor, como gosto de fazer.

 

Domingo – Já há muito que não me sentava a ver um filme, sem a preocupação de ter outras tarefas em mão. Os trabalhos finais estão todos, mais ou menos, adiantados. E o BayWatch: Marés Vivas estava mesmo a começar. É um bom filme.

 

Segunda – Concordo com as burocracias. Não com todas, mas com a grande maioria. Não concordo, e muito menos acho normal, ter que estar 1h numa fila à espera de uma senha para ser atendida na segurança social. Acrescentem mais 1h30 para ser atendida, para pedir uma simples declaração que só chega à minha caixa de correio 10 dias úteis depois. A sério?

 

Terça –  Não está calor. Não está sol. E o tempo está deprimente. O moodideal para uma tarde de estudo intensivo. Três trabalhos, três cadeiras diferentes. Numa só tarde. Não volto a repetir. Prometo.

 

Quarta – Uma pausa para ir ao supermercado com a mãe. Uma corridinha à loja onde estavam as calças que me dariam a felicidade para o resto da semana. Não pensem que são umas simples calças às bolinhas. Foi amor à primeira vista, e uma paixão verdadeira.

 

Quinta – Um bonito dia de primavera. Obrigada São Pedro, mas acho que já percebemos a ideia. Só esperamos que depois não nos tragas 50º, à sombra. Sê moderado nas tuas opções, sfv.

beijinhos **

Não se esqueçam que estamos no instagramfacebook e bloglovin'.

4 comentários

Comentar post