Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

de costas pr'ó mar

Mariana Sofia

Ter | 07.05.19

Porto, dia 01

Não tenho pressa de conhecer o mundo. Gosto de o aproveitar ao máximo. Gosto de desfrutar das pequenas coisas que cada cidade tem para me oferecer. Gosto dos detalhes das ruas mais antigas. E dos prédios cheios de história, por dentro e por fora. Gosto das viagens que me enchem a alma de momentos especiais. Gosto das viagens que me aquecem o coração e me deixam a massa cinzenta cheia de recordações.

porto14.JPG

Não tenho pressa de conhecer o mundo, e o Porto já tem um lugar especial no meu coração. O Porto está cheio de vida e de gente gira. O sotaque característico enche as ruas de boa disposição, misturando-se com os turistas de mapa na mão {ou GPS, que o meu sentido de orientação sempre foi péssimo}. E foi assim que chegámos até à casa que alugámos pelo Airbnb. Ficámos nos TPC – Clerigos Apartment Balcony, mesmo ao pé do Jardim da Cordoaria. Não podíamos ter feito melhor escolha, tanto em termos de localização {deslocámo-nos a pé para todo lado}, quanto em termos de limpeza e espaço físico.

porto10.JPG

porto12.JPG

porto7.JPG

O Porto tem as ruas mais bonitas. Os prédios coloridos. A arquitetura antiga. A Livraria Lello, a mais bonita do mundo, construída no início do século XX. Os pormenores são impressionantes. A Escadaria Carmim, que atrai todos os que ali entram; o vitral que se encontra no teto, com a insígnia “Decus in Labore”; a vista privilegiada sobre a Torre dos Clérigos; e os bustos de alguns dos mais importantes escritores portugueses. E, tendo entrado no mundo fantástico do Harry Potter há tão pouco tempo, há que relembrar a importância e influência tanto da cidade do Porto como da Livraria para o imaginário fantástico que J.K. Rowling criou. 

porto6.JPG

porto15.JPG

porto18.JPG

 A Torre dos Clérigos oferece-nos uma vista de cortar a respiração sobre a cidade que a acolheu. A azáfama dos que chegam mistura-se com o stress dos que querem ir para casa. Há quem ande sempre a correr, de um lado para o outro. Há quem prefira desfrutar dos dias quentes que se fizeram sentir.

86C6342F-CA7A-424F-912E-4CE4971E5D71.JPG

FF7DEB1E-7B74-4274-8D8B-3CF54A6C85F5.JPG

porto3.JPG

A Praça de Almeida Garrett acolhe a Estação de São Bento, a mais bonita de Portugal. Os painéis de azulejos com os seus tons de azul que contam um bocadinho da história de Portugal não deixam os que por ali passam indiferentes. Muito menos os que se deslocam até ali de propósito.

porto21.JPG

porto20.JPG

Ainda demos um saltinho à Praça da Liberdade. Também passamos pela Rua Sá da Bandeira, pela Rua de Santa Catarina e até pela Avenida dos Aliados. Ainda nos cruzámos com a Pérola do Bolhão, mas o Mercado do Bolhão fica para uma próxima visita, porque está em processo de remodelações. O resto ficou para o dia seguinte. Os nossos pés precisavam de descanso.

 

Informações importantes

// Entrada Livraria Lello, 5€ dedutíveis na compra de um livro

// Entrada Torre dos Clérigos, 5€

beijinhos **

4 comentários

Comentar post