Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

de costas pr'ó mar

Mariana Sofia

29.08.18

Sunshine Blogger Award 4.0

Mais uma tag, mais uma voltinha. E esta tagjá é vossa conhecida; já não é a primeira vez que respondo a esta tag, e as respostas são sempre diferentes, uma vez que as perguntas também o são. As minhas perguntas estarão mesmo no final, e os nomeados também. Ah, e não menos importante – obrigada Sofia! Blog // The diary of a teenager* Quais são os teus maiores objetivos para o blog?Os mesmos desde que o criei. Falar-vos (...)
27.08.18

Desafio 1+3 // Coragem

 // no pinterest //Um ato de coragem define um bocadinho mais daquilo que somos. Ter coragem está, regra geral, associado à capacidade que temos para deixar certas pessoas saírem da nossa vida. Para dizer não, quando já não dá mais para dizer que sim. Para colocar um ponto final quando a história já tem demasiados pontos e vírgulas.   Mas ter coragem também é sair da nossa zona de conforto; ter coragem é arriscar fazer aquilo que jamais pensámos que conseguiríamos fazer. (...)
16.08.18

Too Much Information

É raro recusar um desafio. Seja ele de que natureza for. E, a menos que sejam perguntas demasiado íntimas, respondo sempre a todas. Vocês, já fartos de saber isso, e continuam a nomear-me para estas tag’s, das quais eu gosto tanto. A Sofia é uma querida, e lembrou-se de mim. Obrigada <3// Gosto muito de flores, mas isso já devem ter percebido // * Que roupa estás a usar neste momento?
16.07.18

Desafio 1+3 // Medo

 // Pinterest //Todos temos medo. Medo de alguma coisa que é capaz de nos paralisar, e deixar sem qualquer tipo de reação. Medo de alguma coisa que nos afeta de tal forma que, por breves momentos, apaga aquela essência tão nossa. Eu tenho medo de morrer. Tenho mesmo medo. E sempre que alguém que me é próximo me deixa, o medo aumenta. Não tenho medo que seja doloroso, ou que demore muito tempo. Embora prefira uma morte rápida e sem qualquer dor. Eu tenho medo de não fazer tudo (...)
14.07.18

Desafio 52 semanas | Neuras e Manias

Ui, tenho muitas manias. Neuras nem tantas. Mas manias tenho que cheguem. Para mim, e para os que precisarem de algumas. Por exemplo, não durmo sem meias. Nunca, jamais em tempo algum. E muito menos no verão, em que é raro dormir coberta pelos lençóis. Não consigo sair de casar sem tomar banho, exceto para ir ao ginásio. Ou à praia. Não consigo passar por debaixo daquelas placas informativas. E antes de sair de casa tenho que me ver ao espelho que está mesmo ao pé da porta da rua.   Quando vou fazer uma viagem longa, sonho sempre com o destino. Não bebo café sem açúcar. E como a bolonhesa com garfo e colher. Não consigo comer uvas sem as abrir ao meio. Assim que chego a casa lavo sempre as mãos, antes de fazer qualquer (...)