Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

de costas pr'ó mar

Mariana Sofia

Ter | 04.09.18

Tróia & Comporta

Celebrar é das melhores coisas que a vida nos oferece. Um objetivo cumprido, uma meta atingida, ou o aniversário de uma das melhores pessoas da nossa vida são sempre os melhores motivos para podermos celebrar. E, o último dia do mês de agosto, viu a celebração de mais um aniversário daquele que é o homem da minha vida. O meu pai.

 

Nos últimos anos, apostamos num ritual de celebração de aniversários: ir à descoberta de mais um recanto português. E desta vez, fomos até Tróia, Comporta, Carvalhal e Carrasqueira. Não me peçam para escolher aquele de que mais gostei; é impossível não gostar de todos estes sítios com uma beleza natural para lá de extraordinária.

 

Saímos de Lisboa em direção a Tróia, e ficámos logo com vontade de lá passar uns dias de férias, no ano que vem. E será mesmo uma possibilidade a considerar. Os acessos às praias estão ótimos, com toda a comodidade e conforto necessários; a enorme extensão de dunas naturais é espetacular, e a extensão de areia branca é suficiente para não termos que deixar um guarda-sol a marcar lugar (deixemos isso para terras algarvias, não é verdade?!).

Tróia1.jpg

Tróia2.jpg

Tróia3.jpg

Tróia9.jpg

Tróia10.jpg

Tróia11.jpg

A caminho do centro da Comporta encontramos um caminho de terra batida para a praia da Comporta. Não arriscámos, apesar dos muitos carros que já lá estavam. Mas ficou a vontade de querer conhecer melhor aquela zona, por isso não ficará no nosso desconhecido. Almoçámos n’ A Folha. E, como um almoço de aniversário tem direito a tudo, acompanhámos aquele pão extraordinário com umas amêijoas à bolhão pato (e agora espantem-se: aos 22 anos é que descobri a maravilha que este petisco é!). Para a refeição principal optámos por polvo salteado com batata doce frita e plumas de porco preto. Tudo muito bom, com uma confecção perfeita e bastante deliciosa. A sobremesa escolhida foi uma fatia de quindim, que dispensa adjetivos de tão bom que estava.

AFolha.JPG

E, antes de partirmos em direção ao Carvalhal, a Comporta possibilitou-nos uma visita agradável por entre as suas casas rasteirinhas e cheias de cor.

Comporta1.jpg

Comporta2.jpg

Comporta3.jpg

beijinhos **

Não se esqueçam que estamos no instagramfacebook e bloglovin'.

4 comentários

Comentar post