Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

de costas pr'ó mar

Mariana Sofia

Seg | 23.09.19

Uma mão cheia de verbos, take 2.

take2_verbos.JPG

{recordar. as fotografias que estão no disco externo. as fotografias que eternizaram as memórias de infância e que ainda persistem nos álbuns de fotografias. ou até as fotografias que se vão imprimindo, para preencher os diários de viagens, com pequenas legendas. as caixas de recordações estão cheias. de mapas. de tickets de metro. de bilhetes de cinema. de recibos de restaurantes. de pulseiras de festivais ou bilhetes de concertos. estão cheias de boas memórias que eu gosto tanto de recordar.}

 

{procrastinar. ou melhor, a arte de não fazer nada de produtivo quando se têm um montão de coisas importantes para fazer. a verdade é que quando os prazos apertam e a lista de coisas para fazer começa a crescer, a vontade de não fazer nada de realmente útil aumenta proporcionalmente. é um facto. e contra ele, não há grandes argumentos.}

 

{fotografar.mais do que ter a objetiva apontada para mim, gosto de ser eu a disparar o flash. especialmente quando me encontro no meio do mato, das flores, dos patos ou dos esquilos. em fábricas abandonadas ou miradouros selvagens. e comida, gosto muito de fotografar os pratos principais. e as sobremesas nem se fala.}

 

{ler. é a melhor forma de fugir às coisas chatas e rotinas do quotidiano. é aquele escape à realidade, que nos falta ao final de um dia intenso. é uma viagem confortável, sem destino marcado. e vamos construindo um passaporte literário, cada um ao seu ritmo.}

 

{abraçar. aquela sensação de nos sentirmos em casa nos braços de alguém é a melhor do mundo. quando estamos com saudades. ou simplesmente porque sim. e estes abraços são os melhores. sem motivo aparente, é uma vontade imensa que temos de dizer que não vamos a lado nenhum. e é tão bom quando assim é.}

 

TAKE 1

beijinhos **

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.